o brinquedo encaixa na brincadeira


outro dia comentei sobre um livro de ensaios do Walter Benjamin, “Reflexões sobre o brinquedo, o brincar e a criança”. não combinou com o assunto, mas na verdade acabei não falando sobre um pedacinho curto e tão sábio que ainda não esqueci, mesmo já tendo lido há tempos. e se não esqueci, então deve valer a pena dividir. em poucas linhas, são dois assuntos essenciais para quem reflete sobre o brincar.

o primeiro é uma verdade para guardar nunca esquecer: a brincadeira da criança não é determinada pelo conteúdo que o brinquedo propõe; o que ocorre é exatamente o contrário, é ela quem tem o conteúdo imaginário e o “encaixa” aos objetos a sua volta. parece tão banal dizer isso, mas em geral nos esquecemos quando imaginamos uma forma correta de se brincar com cada elemento (falei sobre isso aqui).

acreditando nisso, o autor diferencia os brinquedos mais autênticos como aqueles mais arcaicos e que menos se parecem com o mundo adulto, de um outro tipo, os brinquedos imitativos, que são mais próximos ao jogo e não à brincadeira viva. mas como bom filósofo, Benjamin não simplifica tanto assim nem despreza os brinquedos imitativos. aí chego na segunda parte importante do texto: bonecas, panelinhas, instrumentos de todos os tipos feitos para as crianças imitarem a vida adulta, nos lembram que “as crianças não constituem nenhuma comunidade isolada, mas antes fazem parte do povo e da classe a que pertencem. da mesma forma, os seus brinquedos (...) são um mudo diálogo de sinais entre a criança e o povo.”

ainda falo mais aqui sobre uma coisa linda que é o imitar no desenvolvimento da criança. por enquanto, vamos lembrando que as crianças criam muito, mas também dialogam constantemente com o que recebem do mundo; por isso, a postura dos adultos à sua volta precisa ser muito bem cuidada para inspirar as mais férteis brincadeiras.

_________

para ler mais: “Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação”, Walter Benjamin. Editora 34.

crédito da imagem: Notting Hill Adventure Playground, c.1960 (c) Donne Buck/V&A Museum, London

Recent Posts
Archive
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Instagram Icon